Sweet Romantic Wedding at Estufa Real

Mature love wedding celebrations are very common these days and have a particular enchanting flair. 

Often, couples fall in love, date, live together and even have kids before they opt to get married. That's the case of Isabel and Manuel. In fact, they combined their wedding celebration with their daughter's baptism increasing the joy of family and friends. 

For the ceremony, they choose their local church, and for the reception, they selected one of the most remarkable places in Lisbon: the Estufa Real,  a reception venue set up in Ajuda Botanical garden, formerly a Royal Garden and the oldest botanical garden in Lisbon.

The luxurious well kept gardens overlooking the Tejo, and the Belém area welcomed guests during a beautiful late summer afternoon.  And the boho-chic inspiration set the easy-going yet elegant mood of the overall celebration and spread happiness to all.

Versão Portuguesa mais abaixo

Click to unveil this wedding's gallery

 

As celebrações de amor maduro são cada vez mais comuns e têm um encanto único e especial 

Frequentemente, os casais de hoje apaixonam-se, namoram, vivem juntos e até têm filhos antes de se casarem.  Este foi o caso da Isabel e do Manuel. De facto, até juntaram a celebração do seu casamento com a celebração do batismo da sua filha aumentando a felicidade da família e amigos neste dia.

Para a cerimónia elegeram a igreja da sua residência e para o copo-d'àgua escolheram um dos locais mais marcantes da cidade de Lisboa: o restaurante Estufa Real, situado no Jardim Botânico da Ajuda, que foi um Jardim Real e é o mais antigo Jardim Botânico de Lisboa.

Os exuberantes e bem cuidados jardins com vista privilegiada para o Tejo e a zona de Belém receberam os convidados durante uma magnífica tarde de verão. A inspiração boho-chic marcou o tom do estado de espírito descontraído e elegante de toda a celebração e ajudou a espalhar alegria por todos.

 

 Clique para descobrir a galeria deste casamento


Photography: Maria Rão

Bride's Dress: Madbridal

Bride's Shoes: Samelli - Sapatos Sameiro

Bride's Accessories: Earrings by Pedra Dura

Makeup: Rita de Castro

Hair: Silvana Faustino

Bride's Bouquet: Florista Bella

Groom's Attire: Armani

Groom's Shoes: Montenapoleone

Rings: Eternis at Joalharia Paiva 

Floral Artist: Florista Bella

Venue and Catering: Estufa Real

Vídeo: Clickonstudio - Rui Pedro Benevides

DJ: João Garcia

Thoughts on engagement sessions

An engagement session should be pleasant, relaxed, natural and calm.
When doing engagement sessions my only directions are for the couple to feel at ease. They should act as commonly as possible and pretend that I'm invisible

Then while they naturally relate, walk and wander I will be seeking for details, emotions, feelings, smiles and everything I find truly genuine and beautiful in them.

Everyone is photogenic even if some people don't realize it. It's up to me, as a photographer, to make the couples photogenic qualities emerge in each frame.

I do I do it? It's not a technic, it's more an intuition.

In my personal case, I think this ability comes from being totally in love with my job, enjoying the thrill of making the best of each one stand out and from the confidence gained with comments like this:

"A huge thank you for the photographs! João and I are the least photogenic persons in the world and you managed to work a miracle. Thank you, we really loved it!!

You're welcome, Vera and João, I love it too!
See you soon ;-)

Engagement session at Jardim Marechal Carmona, Cascais, Portugal.

Versão Portuguesa mais abaixo.

Uma sessão de namoro deve ser agradável, descontraída, natural e tranquila.
Quando faço sessões de namoro as minhas únicas indicações são que o casal se sinta à vontade. Devem agir tão naturalmente quanto possível e fingir que eu sou invisível.

Depois enquanto eles se relacionam, andam e passeiam eu estarei atenta em busca de detalhes, emoções, sensações, sorrisos e tudo aquilo que descubro neles de genuíno e belo.

Todas as pessoas são fotogênicas mesmo que não tenham noção disso. Cabe-me a mim, como fotógrafa, fazer emergir a fotogenia de cada casal.
Como é que o faço? Não é bem uma técnica, é mais uma intuição.

No meu caso pessoal acho que esta capacidade vem de ser completamente apaixonada pelo meu trabalho, apreciar a emoção que fazer sobressair o melhor de cada me dá e da confiança que adquiro com comentários como este:

Um super obrigada pelas fotos! Acho que nunca vi pessoas menos fotogénicas que eu e o João, e conseguiste fazer milagres... Obrigada a sério, nós amámos!"

De nada, Vera e João! Eu também amei!
Até breve ;-)

Destination Wedding In Arriba, Cascais

Destination Wedding In Arriba, Cascais